segunda-feira, 18 de junho de 2018

V Feira AVVL

No dia 15 de junho, decorreu a V Feira AVVL com diferentes atividades que assinalaram o final do ano letivo para os alunos.
A biblioteca participou neste evento com a venda solidária dos livros Histórias da Ajudaris'17, com a entrega de prémios das atividades desenvolvidas ao longo do ano e com a representação teatral de Leandro, Rei da Helíria por alunos da turma do 7ºB, orientados pelas professoras Lurdes Pereira e Elisabete Silva, tendo este trabalho contado também com a colaboração da Diretora de Turma, Patrícia Martins, e da professora de Educação Visual, Irene Costa.






segunda-feira, 4 de junho de 2018

Saúde Oral

No dia 30 de maio (4ª feira) a equipa de profissionais especializados em odontopediatria da "Maloclinic" realizou, na escola básica do Valado, uma sessão de educação em saúde oral.

A odontopediatria é a especialidade dedicada à manutenção da saúde oral de bebés, crianças, adolescentes e pacientes com necessidades educativas especiais.

Estes profissionais, de uma forma divertida, ensinaram os alunos do 1º, 2º e 4ºs anos,  a escovar e a tratar dos seus dentes.


Foi uma sessão muito animada e participativa que mostrou aos alunos a importância da higiene oral para manter uma boca saudável.


No fim da sessão os alunos receberam, um kit de promoção da saúde oral. 







sexta-feira, 1 de junho de 2018

À Roda com os Livros: TOP Leitores

No dia  28 de maio, na Escola Básica do Valado, realizou-se uma sessão de À roda com os livros.

Nesta sessão, uma aluna do 4º ano, que requisitou maior número de livros durante o segundo período,  apresentou o livro de que mais gostou: A arca do tesouro, de Alice Vieira.
Este livro está recomendado para apoio a projetos relacionados com as artes nos 3º, 4º, 5º e 6º anos de escolaridade, além de ser uma obra recomendada pelas Metas Curriculares de Português para o 3º ano de escolaridade.
A Arca do Tesouro é um texto, que se revolta contra a tirania imposta pelo relógio, conflui com uma música bonita, singela e comunicativa, dando a conhecer a história de Maria e da sua caixa azul.

Foi um momento muito interessante de partilha de leituras!





terça-feira, 29 de maio de 2018

aLeR+ com as literacias da informação e as tecnologias

No dia 29 de maio, as professoras bibliotecárias dinamizaram sessões para apresentação do modelo BIG 6 para turmas do 3º ano de escolaridade das Escolas Básicas Nova de Valongo e do Susão.

A atividade iniciou-se com a apresentação da história da Ave brilhante pelas professoras bibliotecárias.


Num segundo momento, os alunos, em pequenos grupos, orientados também pelas professoras bibliotecárias,  participaram num jogo pedagógico, com o recurso à aplicação Kahoot, explorando tablets, em grupo.








quinta-feira, 24 de maio de 2018

Saber+... Inglês

No dia 24 de maio, pelas 14h00, na biblioteca da Escola Básica Vallis Longus, esteva presente a autora Vanessa Reis Esteves.

Esta autora contou a história do livro The truth according to Arthur, de Tim Hopgoog. Tratou-se de  uma hora do conto totalmente em inglês para alunos do 2º ciclo, que integrou mais uma oficina do Saber+..., desta vez, Inglês.

Foi um momento cheio de magia, muito dinâmico e divertido, que proporcionou a interação entre esta excelente contadora de histórias e os alunos. Estes participaram ativamente na sessão, o que comprovou que compreenderam a história e foram capazes de responder e corresponder às solicitações da autora.



terça-feira, 22 de maio de 2018

22 de maio: Dia do Autor Português

No dia 22 de maio, na biblioteca da Escola Nova de Valongo, a professora Cristina Araújo dinamizou a hora do conto para a turma do 1º ano, contando a história A máquina de fazer palavras, de José Vaz.

De seguida, alunos de diferentes turmas participaram no Bibliopaper sobre autores portugueses, usando os tablets existentes na biblioteca escolar do agrupamento. A equipa vencedora, composta por duas alunas do 4ºAN, respondeu corretamente aos dez desafios.




Na biblioteca da Escola Básica do Susão, os alunos participaram também no Bibliopaper, tendo sido a equipa vencedora "As Sousa" que, também, responderam corretamente a todos os desafios. 

Na Escola Básica Vallis Longus, dinamizaram-se diferentes atividades: 

  • Descobre o que falta... uma exposição com 24 autores portugueses que incluiu o desafio de completar o nome de cada um dos autores.


  • Quem quer ser bibliotecário 2, quiz subordinado aos escritores portugueses e às suas obras, com o recurso à aplicação Kahoot e ao uso dos tablets para as equipas participantes responderem às questões.



  • Auto da Barca do Inferno, o texto à moda de Gil Vicente, destinada a alunos de 9º ano, em que alunos da turma do 9º C, orientados pela Prof. Isabel Timóteo, apresentaram textos da sua autoria, à moda de Gil Vicente. 





Foi com estas iniciativas que se assinalou o Dia do Autor Português em que todos os autores portugueses das diferentes áreas artísticas estão de parabéns. 

Esta data foi criada em 1982 com o objetivo de homenagear o autor português e evidenciar a sua importância na cultura. 

Este dia assinala também o aniversário da Sociedade Portuguesa de Autores.

À Roda com os Livros: TOP Leitores

No dia  22 de maio, na Escola Básica Nova de Valongo, realizou-se  uma sessão de À roda com os livros.
Nesta sessão, dois dos alunos do 1º ano, que requisitaram maior número de livros durante o segundo período,  apresentaram o livro de que mais gostaram. Foi um momento muito interessante de partilha de leituras sobre os livros:

  • A Casa dos Sumos do Óscar, de Marcy Kelma, que conta a história do Óscar que, com a máquina registadora estragada e apenas umas horas até chegarem os clientes, sabe quem chamar: Manny Mãozinhas! A equipa de Manny é óptima a reparar coisas, mas tem de ajudar o Óscar a inventar um novo e delicioso sabor para a grande abertura da sua loja.

  • Livro das Grandes Máquinas, uma edição da Porto Editora que abre as páginas desdobráveis. permitindo descobrir algumas das maiores e mais potentes máquinas, desde gigantes escavadoras e tratores monstruosos a superjumbos e barcos enormes.

Se ficaste curioso, poderás requisitá-los na Biblioteca Escolar!

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Novidades: EB Estação

Já chegaram algumas novidades ao polo da biblioteca da Escola Básica da Estação.
Estes livros foram ofertas da comunidade educativa e já estão inseridos no nosso catálogo.

Agora, é só passar pela BE e requisitar!



segunda-feira, 7 de maio de 2018

3 de maio: Dia Internacional da Liberdade de Imprensa

No dia 3 de maio, assinalou-se o Dia Internacional da Liberdade de Imprensa. 
Neste momento, lembramos a mensagem da Diretora Geral da UNESCO por ocasião do Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor: 
"O livro é o ponto de encontro das mais essenciais liberdades humanas, nomeadamente a liberdade de expressão e de edição. Estas liberdades são frágeis. Enfrentam imensos desafios, do questionamento dos direitos de autor à diversidade cultural, passando pelas ameaças físicas às quais estão hoje expostos autores, jornalistas e editores, em muitos países. Estas liberdades continuam a ser negadas, num momento em que são atacadas escolas e destruídos livros e manuscritos."

A biblioteca AVVL assinalou este dia  com uma exposição de cartoons, que pretende promover os princípios fundamentais da liberdade de imprensa, combater os ataques feitos aos media, condenar as violações à liberdade de imprensa  e lembrar os jornalistas que são vítimas de ataques, capturados, torturados ou a quem são impostas limitações no exercer da sua profissão.





domingo, 6 de maio de 2018

Dia da Mãe

Pequeno Poema


Quando eu nasci,
ficou tudo como estava.

Nem homens cortaram veias,
nem o Sol escureceu,
nem houve estrelas a mais...
Somente,
esquecida das dores,
a minha Mãe sorriu e agradeceu.

Quando eu nasci,
não houve nada de novo
senão eu.

As nuvens não se espantaram,
não enlouqueceu ninguém...

Pra que o dia fosse enorme,
bastava
toda a ternura que olhava
nos olhos de minha Mãe...

Sebastião da Gama, in 'Antologia Poética'

A todas as mães um dia muito feliz!

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Novidades: EB do Susão

Já chegaram algumas novidades ao polo da biblioteca da Escola Básica do Susão.
Estes livros foram ofertas da comunidade educativa e já estão inseridos no nosso catálogo.

Agora, é só passar pela BE e requisitar!





sexta-feira, 27 de abril de 2018

25 de abril: Comemoração no 3º ciclo

Na biblioteca da Escola Básica Vallis Longus, no dia 26 de abril, pelas 14h20, realizou-se uma tertúlia sobre a questão da desigualdade de géneros, relacionando-se esta temática com a defesa dos ideais de  liberdade e igualdade associados às conquistas do 25 de abril. Esta atividade destinou-se aos alunos das turmas B, C e E do 9º ano.
Durante a sessão, um grupo de alunas da turma do 9º E fez uma apresentação sobre a temática referida. Os professores Paula Beltrão, Cristina Araújo  e Adriano Silva também fizeram algumas intervenções, procurando refletir sobre os direitos que a pouco e pouco vão sendo conquistados pelas mulheres. A tertúlia foi moderada pela Coordenadora da Biblioteca Escolar, a professora Fátima Ribeiro.




25 de abril: Comemoração no 1º Ciclo

Para comemorar a data de 25 de abril, a biblioteca escolar desenvolveu diferentes atividades, no 1º ciclo. 



No dia 23 de abril, na Escola  Básica do Susão, a professora Cristina Araújo dinamizou uma palestra sobre esta data tão importante da nossa história para os alunos do 3º ano da turma AS. 









Esta apresentação culminou com o poema de Manuel Alegre, intitulado As mãos, inserido na obra O Canto e as Armas, de 1967.

Com mãos se faz a paz se faz a guerra.
Com mãos tudo se faz e se desfaz.
Com mãos se faz o poema – e são de terra.
Com mãos se faz a guerra – e são a paz.

Com mãos se rasga o mar. Com mãos se lavra.
Não são de pedras estas casas mas
de mãos. E estão no fruto e na palavra
as mãos que são o canto e são as armas.

E cravam-se no Tempo como farpas
as mãos que vês nas coisas transformadas.
Folhas que vão no vento: verdes harpas.

De mãos é cada flor cada cidade.
Ninguém pode vencer estas espadas:
nas tuas mãos começa a liberdade.

Foi precisamente o último verso deste poema que serviu de mote para o trabalho de expressão plástica que se desenvolveu de seguida: foram recortadas mãos nas diferentes cores que se identificam com a nossa nacionalidade (vermelho, verde e amarelo); estas foram distribuídas pelos alunos, que escreveram mensagens alusivas à data. Posteriormente, no dia 26 de abril, com a ajuda das professoras bibliotecárias e da professora titular de turma, Fátima Nunes, os alunos procederam à construção de um painel que ficou exposto na biblioteca.